Hora do Jantar – #ParabénsTutti

 

“Já era tarde.
Já era hora da comida.
Já era 17:30… opa! Pera ai?!?!

“Nossa trupe já tinha conversado sobre não ser inconveniente no horário do jantar, ainda mais com a Greta faminta sendo uma das integrantes do grupo. Mas, tudo bem, teríamos muito tempo até que esse momento chegasse.

Porém, inesperadamente, quando foi 17h 30min, carrinhos de comida brotaram de todos os lados. Para nossa chateação, nenhuma das bandejas era dos palhaços e nos pareceu meio chato amarrar a entregadora atrás da porta e impedir que ela fizesse seu serviço, roubando todos os pratos do carrinho. Por isso, diante do inesperado e inevitável fato de que, oficialmente, “era hora do jantar”, decidimos ir embora.

Quando já estávamos quase indo, com um pé fora e outro dentro do andar, uma das enfermeiras nos chamou e disse que havia alguém que precisávamos ver antes de ir. Puxa, foi por pouco hein?

Entramos no quarto e, rapidamente, percebemos um clima de tensão. A mãe estava com nítidas fácies de bravura e o menino, sentado da cama, com nítidas fácies de “não vou comer”. Pedimos licença e assim que entramos a mãe nos confirmou que era exatamente aquilo que estava acontecendo.

Fiquei nervosa, aflita e senti minha têmpora pulsando. Afinal, eles não perceberam que ali estava Greta, a comilona. Ai meu Deus!
Expliquei para o garoto que era melhor ele comer, caso contrário Greta atacaria novamente e comeria tudo! Falei e fui segurando as pernas da palhaça (que já manifestava algum interesse pelo assunto). Minhas parceiras, Catarina e Margot, ligeiramente, se juntaram a mim.
O menino, vendo Greta começar a se debater em direção a comida dele foi logo pedindo a bandeja para sua mãe e dando grandes colheradas na refeição.

Felizmente tudo se resolveu, conseguimos tirar Greta do recinto em segurança e sem causar grandes transtornos…

Ufa! Da próxima vez preciso lembrar-me de levar uns petiscos para ela.”

História contado por: Tania Chaia Rodrigues
Vivenciada por: Tutti, Catarina, Greta e Margot

O que achou dessa história? Conta pra gente no nosso Facebook @NarizesPlantao e no nosso Instagram @narizesdeplantao_ 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>